Decisivo mais uma vez, o atacante Edu garantiu a primeira vitória do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe celeste bateu o Brusque, nesta noite, no Mineirão, por 1 a 0, com gol do ex-jogador da equipe do Vale Catarinense aos 36 minutos da segunda etapa.

A vitória trouxe alívio ao torcedor da Raposa, que viu o time derrapar na estreia, diante do Bahia, fora de casa. Com o resultado, o Cruzeiro soma os primeiros três pontos na tabela e ocupa o quinto lugar na classificação geral. O Brusque está uma posição cima, no quarto lugar.

O Cruzeiro volta a campo pela Série B apenas na outra semana, no sábado (23), diante do Tombense, em Tombos, às 19h (de Brasília).

No mesmo dia, às 18h30, o Brusque enfrentará o Sampaio Corrêa, no Maranhão. Antes, porém, a equipe celeste terá compromisso diante do Remo, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, na próxima terça-feira (19), no estádio Baenão, em Belém.

Primeiro tempo

A primeira etapa foi equilibrada entre as duas equipes, com o Cruzeiro buscando mais o gol até os 20 minutos. As melhores chances, no entanto, surgiram para os dois lados na reta final. Aos 26, Lucas Silva arriscou de fora e a bola passou muito perto da trave esquerda de Rafael Cabral.

Alex Ruan, aos 40, também optou pelo chute de longa distância e exigiu defesa sem rebote de Cabral. Aos 44, Rodolfo mandou uma bola na trave. Três minutos depois, Rafael Santos exigiu uma defesa em dois tempos do goleiro Ruan Carneiro.

Segundo tempo

O Brusque voltou com uma alteração para a segunda etapa enquanto Cruzeiro decidiu retornar com a mesma equipe. O ritmo do jogo caiu bastante e as equipes não criaram grandes chances de gols até os 36 minutos, quando Edu definiu a partida na primeira oportunidade concreta do segundo tempo.

Waguininho puxou o contra-ataque, tocou para Edu, que recebeu sozinho para finalizar Ruan Carneiro defendeu a primeira, mas na sobra Edu mandou para o fundo das redes.

Lei do ex para Edu

Artilheiro da Série B no amo passado pelo Brusque com 17 gols, o atacante Edu caminhava para passar em branco diante de seu ex-clube no Mineirão. Sempre participativo, ele teve oportunidades, saiu da área, tentou servir os companheiros, mas em vão até os 36 minutos, quando decidiu a partida. O jogador chegou a 11 gols na temporada, sendo o primeiro na Série B.

Noite de estreias

Registrados no BID na última segunda-feira, o volante Neto Moura e o atacante Rodolfo estrearam com a camisa celeste entre os 11 iniciais.

Sem um armador de origem à disposição, o meio-campo do Cruzeiro teve algumas dificuldades na hora de servir os atacantes e, por isso, a equipe apoiou o jogo pelos lados do campo.

Neto Moura foi substituído aos 7 minutos do segundo tempo. Rodolfo se movimentou, mandou uma bola na trave no primeiro tempo e foi substituído aos 18 minutos do segundo tempo.

Desfalques de última hora

O Cruzeiro perdeu dois jogadores de última hora para a partida. Fernando Canesim, que vinha sendo titular com Pezzolano, sentiu uma lesão muscular e ficou de fora da lista de relacionados.

Pouco tempo antes do jogo, outro problema: o meia-atacante Daniel Junior foi liberado por problemas familiares não divulgados pelo clube. O atleta de 19 anos vem tendo oportunidades com Pezzolano, que o lançou ao profissional nesta temporada.


Avatar