O Atlético buscou o empate em 2 a 2 no Morumbi e saiu de lá com o sexto lugar, momentaneamente, no Campeonato Brasileiro. Depois de permitir o São Paulo virar o placar ainda no primeiro tempo, o Galo conquistou um importante ponto fora de casa na luta por uma vaga à Libertadores do ano que vem.

Vargas foi o grande nome do Atlético ao marcar os dois gols alvinegros, enquanto Calleri anotou os dois gols são-paulinos.

Com 52 pontos, o Atlético ultrapassou o Athletico-PR, que joga nesta quarta-feira (2), em Curitiba, contra o Goiás. Depois de 16 rodadas, o Galo saiu da sétima colocação, mesmo que momentaneamente.

O jogo era de extrema importância para o time mineiro, que via o São Paulo ameaçando a posição, já que o Tricolor estava um ponto atrás na tabela de classificação.

Mas o primeiro lance de perigo foi do São Paulo, que conseguiu um longo lançamento para Patrick, que cruzou na cabeça de Calleri. A bola passou raspando a trave direita de Everson.

Pouco tempo depois, Nestor entrou cara a cara com Everson e o goleiro alvinegro conseguiu tirar com os pés o que seria o gol são-paulino.

Mas aos 25 minutos, Pablo Maia corta com a mão a finalização de Zaracho na grande área. Pênalti para o Atlético. Vargas, a novidade de Cuca na escalação, cobrou no canto direto e Felipe Alves caiu para o esquerdo. Gol do Galo!

O Atlético se tranquilizou em campo, mas o São Paulo passou a pressionar em busca do empate. E conseguiu aos 38 minutos, depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para o artilheiro Calleri soltar a bomba na grande área e deixar tudo igual.

E não demorou muito para o São Paulo virar o placar ainda no primeiro tempo. Calleri aproveitou cochilo de Alonso e finalizou. Everson ainda espalmou na trave, mas a bola sobrou limpa para o argentino empurrar para as redes sem goleiro.

No segundo tempo, Cuca fez várias alterações logo de cara. Colocou em campo Pavón, Mariano e Réver e sacou Ademir, Guga e Alonso, respectivamente. Mas o Atlético estava desorganizado em campo e só chegava na base da pressão, e com pouca qualidade.

Mas em um lance fortuito, Mariano cruza, a bola desvia na defesa e Vargas se antecipa para tocar por cima de Felipe Alves e tirar um empate da cartola.


Avatar