Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

Uma manhã de domingo perfeita para o torcedor do Galo. O roteiro do jogo foi tão bom que parece que foi escrito por um atleticano. O time entrou em campo com os seus titulares e teve que mostrar qualidade para furar o enorme bloqueio do Patrocinense, porém, depois que conseguiu, o Atlético deslanchou, viu Godín estrear marcando um belo gol de cabeça e ainda contou com Hulk marcando dois gols mais uma vez.

Sim, o camisa 7 alvinegro fez mais um doblete, está fazendo gols em todas as partidas desde novembro de 2021 e, aparentemente, não sabe mais como é entrar em campo e não fazer um gol para o Atlético. E sim, logo na estreia Diego Godín mostrou todo o seu talento defensivo, onde foi pouco exigido, e a sua competência ofensiva para marcar um gol logo no seu primeiro jogo pelo Galo.Uma partida perfeita para os jogadores na questão individual e um ótimo resultado coletivo.

O grande objetivo do Atlético na partida era ganhar ritmo de jogo, visto que a primeira fase do Campeonato Mineiro deve ser tratado apenas como uma pré-temporada porque a equipe terá grandes decisões durante o ano. E o time conseguiu alcançar este objetivo.

Dentro de campo, vários atletas tiveram a oportunidade de jogar 90 minutos e desempenhar um bom futebol em uma vitória por 3 a 0 contra a Patrocinense no Mineirão.

Os titulares, as estreias e as mudanças

É evidente que o time titular do Atlético precisa de ritmo de jogo para ir bem durante toda a temporada. Por isso, como descrito aqui, o técnico El Turco Mohamed está optando pela utilização dos titulares nos jogos em BH, nos finais de semana, enquanto os reservas vão para o interior e atuam durante a semana no estadual.

Logo, a escalação atleticana para o jogo deste domingo contou com Everson; Mariano, Réver, Nathan Silva e Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Savarino. A grande ausência no banco de reservas foi Keno, atleta que teve COVID-19 recentemente e ainda está aprimorando a sua forma física.

Logo no intervalo, El Turco promoveu a estreia que os torcedores estavam esperando. Diego Godín entrou na vaga de Réver e o experiente zagueiro esteve em campo por 45 minutos. Mesmo não sendo tão exigido, o uruguaio fez uma boa partida defensiva, marcou um gol e deve ganhar mais minutos na sequência. Godín é um destes atletas que precisa de ritmo e ele ainda necessita se entrosar com os seus companheiros de defesa.

Aproveitando o resultado positivo, El Turco promoveu alguns testes. Junto de Godín, Ademir substituiu Zaracho e teve a segunda etapa completa para desfilar o seu futebol pela direita – até marcou um gol no fim, mas estava impedido. Durante a etapa final, Fábio Gomes entrou na vaga de Allan, Dylan substituiu Savarino e, próximo do fim, Hulk saiu para a entrada de Eduardo Sasha.

A partida em si

O primeiro tempo começou bem equilibrado e Everson foi obrigado a fazer uma grande defesa rapidamente, em chute cruzado de Reis. Porém, depois disso, apenas o Atlético jogou.

Os donos da casa tiveram a posse de bola e controlaram a partida no ataque, mas não apresentaram facilidade para abrir o placar. Com alguns passes errados na primeira etapa, o time só conseguiu balançar as redes nos acréscimos. Após escanteio cobrado por Nacho Fernández e desvio na primeira trave, Hulk cabeceou com precisão para abrir o placar.

O mesmo camisa 7 ampliou no início do segundo tempo após lindo passe de Ademir e assistência perfeita de Nacho Fernández. Hulk cabeceou com precisão novamente e não deu chances para o goleiro adversário. Vale destacar que Nacho foi um dos destaques da partida, ostentando qualidade na armação.

O Patrocinense não demonstrou força e só chegou com perigo em uma oportunidade, quando Everson rebateu para o meio e o atacante do time do interior perdeu uma grande chance dentro da pequena área.

Ainda com vontade de buscar mais um gol, Mariano fez um ótimo cruzamento e encontrou o estreante do domingo. Diego Godín mostrou seu cartão de visitas ofensivo, cabeceou com muita qualidade no canto esquerdo do goleiro e marcou um belo gol de cabeça para definir o placar: 3 a 0 para o Atlético.

A liderança e o objetivo concluído

O Atlético retomou a liderança do Campeonato Mineiro e segue invicto. São quatro partidas e apenas um gol sofrido, ainda na primeira rodada, com o time inteiramente reserva. Os números são expressivos, mas não são tão importantes neste momento, visto que o grande objetivo do time neste estadual é fazer a sua parte, obviamente, buscando o título, mas também se adaptar às ideias de El Turco Mohamed.

O treinador está utilizando a fase inicial do Campeonato Mineiro para testar os seus jogadores, já usou vários atletas e seguirá dando ritmo ao ótimo plantel que tem à disposição. O Atlético tem jogadores que são talentosos o suficiente para ir muito bem em mais uma temporada e o ano só está começando.

Por isso, este início de temporada está seguindo um roteiro perfeito para o Atlético: vitórias tranquilas sem lesões e desgaste, além de ir ganhando ritmo aos poucos. O Galo tem um longo caminho e a partida deste domingo deixou claro que o clube poderá contar com Hulk para decidir.

Fonte: Terra


Avatar

editor