Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A partir desta sexta-feira (5) passa a valer a redução do preço médio da venda do diesel para as distribuidoras, anunciada pela Petrobras na quinta-feira. O preço médio teve uma queda de R$ 0,20 por litro, de R$ 5,61 para R$ 5,41.

Em entrevista à CNN, Eberaldo Almeida, ex-presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), afirmou que a redução de diesel da Petrobras será de R$ 0,18 ao consumidor.

Isso porque o combustível vendido na bomba é feito de 90% de diesel A e 10% de biodiesel. O especialista justificou também que a redução no valor é devido à queda na demanda. Enquanto houver inflação alta e países com as economias em queda, a diminuição do preço deve acontecer.

A última redução no preço do diesel havia acontecido em 1º de maio de 2021. Porém, os preços podem voltar a subir, segundo Almeida, se a demanda for retomada.

Novo reajuste

Segundo o último boletim da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na última semana, o preço médio do diesel comum (S-500) no país foi de R$ 7,42.

Diferente da gasolina, que chegou a R$ 7,39 em junho e hoje está na casa dos R$ 5,74, impulsionada pela redução do ICMS e duas quedas da Petrobras, o valor do diesel sofreu reduções mais discretas.

Após quatro reajustes da Petrobras neste ano – 8% em janeiro, 24,9% em março, 8,87% em maio e 14,26% em junho -, o óleo chegou a R$ 7,57, também em junho, e registra uma diminuição de R$ 0,15 no período aproximado de um mês e meio.

Na próxima semana, a ANP deve registrar se a mudança no preço será sentida nos postos de combustíveis.

De acordo com a empresa, a diminuição anunciada nesta quinta-feira acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática da companhia, que busca o equilíbrio dos seus valores com o mercado global.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.