Os Estados Unidos não se envolveram em nenhuma operação ofensiva, disse o secretário de Estado Antony Blinken, depois de um oficial dos EUA confirmar à CNN que Israel havia lançado um ataque contra o Irã.

“No que estamos focados, no que o G7 está focado e, novamente, isso se reflete em nossa declaração e em nossa conversa, é o nosso trabalho para aliviar as tensões”, disse Blinken.

Os EUA receberam notificação antecipada na quinta-feira de um ataque israelense nos próximos dias, mas não endossaram a resposta, disse um segundo alto funcionário dos EUA anteriormente.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, reforçou que os países do G7 trabalham para impedir o aumento de tensões entre Israel e o Irã.

“Estamos comprometidos com a segurança de Israel. Também estamos empenhados em reduzir a escalada – para tentar encerrar essa tensão”, disse Blinken durante uma coletiva de imprensa na conclusão da reunião do grupo em Capri, na Itália.

Ele também afirmou que os países compartilham “um compromisso de responsabilizar o Irã.”

Blinken disse que as nações condenaram os ataques do fim de semana do Irã a Israel.

Ele chamou esses ataques de “sem precedentes em escala…foi um ataque direto a Israel do Irã, envolveu mais de 300 munições, incluindo mísseis balísticos.”