Artigos deste autor

Geral

CAIU A MÁSCARA DA MÍDIA

Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Esta foi uma semana terrível para Bolsonaro. Revelações

Geral

MÍDIA, MERCADO E MENTIRAS

Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Há duas semanas que o mercado e a

Geral

ZEMA E O MEDO DAS VAIAS

Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Integra o Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Indelicado, incompetente, mentiroso e medroso. Esses são alguns

Geral

A MÍDIA QUE MENTE E O SEU HERÓI

  Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Integra o Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI)   Através de notícias, comentários e editoriais,

Geral

A EXTREMA-DIREITA E AS TREVAS

Ângela Carrato – jornalista. Professora da UFMG. Integra o Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Quando, na semana que passou, o presidente da

Geral

CONCEIÇÃO E OS “VIRA-LATAS”

Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Integra o Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI)   Quando o economista Roberto Campos morreu, em

Geral

A MÍDIA E O CARNICEIRO DE TEL AVIV

  Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Quando o presidente do Irã, Ebrahim Raisi,

Geral

AS DURAS LIÇÕES DO SUL

Ângela Carrato – Jornalista. Professora da UFMG. Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) A mídia corporativa, essa que trabalha 24 horas

Geral

GLOBO, FAKE NEWS E O JORNALISMO FASCISTA

Ângela Carrato – jornalista e professora do Departamento de Comunicação Social da UFMG William Bonner, âncora do Jornal Nacional, desde a última segunda-feira (6/5) passou

Geral

 ELITE DO ATRASO E O SEU PARTIDO

Ângela Carrato  – jornalista e professora do Departamento de Comunicação Social da UFMG Foi impossível não pensar em Jessé Souza e em seu livro “A