Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A Samsung alertou que a demanda de fabricantes de smartphones e computadores por chips enfraquecerá mais, à medida que o consumo diminui e que a demanda resiliente de clientes de servidores também tenha ajustes em meio a temores de recessão.

Embora a maior fabricante mundial de chips de memória e smartphones tenha obtido seu melhor lucro operacional de abril a junho desde 2018 devido à forte demanda por chips de servidores, disse que seu negócio móvel viu os lucros enfraquecendo em meio a questões geopolíticas, preocupações com inflação e componentes mais altos e custos de logística.

“Os servidores são menos afetado por questões macro… Mas se ocorrer uma recessão global, os clientes de servidores também terão que ajustar seu estoque”, disse Jin-man Han, vice-presidente executivo do negócio de chips de memória da Samsung, em teleconferência.

“Devido à alta incerteza, estamos atualizando nossa previsão constantemente”, acrescentou. A Samsung responderá à incerteza com uma flexibilização de gastos de capital de curto prazo e fornecimento disciplinado de chips, disse Han, sem detalhar.

No entanto, a Samsung mostrou-se relativamente otimista com a demanda por smartphones no segundo semestre, dizendo que as interrupções no fornecimento foram resolvidas e que a demanda seguirá estável ou até mesmo terá crescimento de um dígito.

O lucro operacional da Samsung subiu para 14,1 trilhões de wons (US$ 10,8 bilhões) no trimestre encerrado em 30 de junho, ante 12,57 trilhões de wons no ano anterior, ante sua própria estimativa de 14 trilhões de wons.

O resultado incluiu as receitas com chips de 9,98 trilhões de wons e lucros de negócios de dispositivos móveis de 2,62 trilhões de wons. A receita total da Samsung aumentou 21%, para 77,2 trilhões de won.

O dólar forte também ajudou, com o lucro operacional subindo cerca de 1,3 trilhão de wons em relação ao trimestre anterior.


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.