Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

Belo Horizonte tem nesta segunda-feira (25) o segundo dia da vacinação contra Covid para crianças de 3 e 4 anos com imunossu-pressão. O público mais vulnerável começou a ser imunizado na sexta-feira. Apesar do grupo ser reduzido, a procura foi baixa. Adolescentes e adultos com doses atrasadas também podem ir aos postos de saúde.

Uma das maiores preocupações é com a faixa etária de 5 a 11 anos. O índice de vacinação tem se mantido em torno de 60% para a segunda dose. Em números absolutos, são mais de 77 mil crianças sem a proteção completa contra o coronavírus.

Índice de cobertura vacinal com a segunda dose contra a Covid está em apenas 61% na capital. São mais de 77 mil crianças sem a proteção completa contra o coronavírus

Ainda na semana passada, vários apelos foram feitos por médicos e autoridades aos pais para que levem os filhos aos pontos de imunização. O prefeito Fuad Noman chegou a fazer uma postagem nas redes sociais. “Vamos levar nossas crianças! Vacinas salvam vidas”.

Documentos

Pais das crianças de 3 e 4 anos imunossuprimidas devem apresentar comprovante da condição de saúde do filho – laudos, declarações, prescrições ou relatórios médicos.
Os documentos devem ter sido emitidos até 12 meses antes da data da vacinação.

Baixa procura

Na sexta, o , na região Centro-Sul. Das 9h às 11h, ninguém apareceu com crianças para receber a CoronaVac. Situação semelhante, na parte da manhã, em outros postos, como no Carlos Chagas, na mesma regional, e um dos mais movimentados.

 


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.