Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O União Brasil descartou hoje apoiar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República no primeiro turno. “O PT conversa com o União Brasil em alguns Estados, como na Bahia. No entanto, em âmbito nacional, a candidatura do deputado federal Luciano Bivar (União Brasil-PE) ao Palácio do Planalto é irreversível”, afirmou.

Internamente, o PT tem prometido que, se Bivar abrir mão da corrida presidencial para endossar a candidatura de Lula contra a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), o petista irá apoiá-lo na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados em 2023, caso seja eleito. Além do PT, interlocutores de Bolsonaro e o presidenciável Ciro Gomes (PDT) também mantêm conversas com o União Brasil, partido que detém a maior fatia de fundo eleitoral e o maior tempo de propaganda de rádio e televisão.

Congressistas próximos de Bivar dizem que o líder partidário aventa a possibilidade de concorrer ao Senado por Pernambuco com o apoio de Lula. A possibilidade colocaria em xeque a candidatura do ex-prefeito de Petrolina Miguel Coelho (União Brasil) ao governo do Estado. O tema será abordado amanhã, em reunião com integrantes pernambucanos da sigla. A decisão de Bivar deve ser comunicada ao PT até sábado (30).

Bivar não pontua para Presidência da República Pesquisa Datafolha divulgada hoje aponta que Lula segue na liderança no primeiro turno para a Presidência da República, com 47% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (29%) e Ciro Gomes (8%0.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo a sondagem, Bivar (União Brasil) não pontuou. A pesquisa ouviu 2.556 pessoas entre os dias 27 e 28 de julho. As entrevistas foram feitas por abordagem pessoal. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BR-01192/2022 e teve custo de R$ 473.780,00.

 


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.