O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) afirmou hoje que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) é “um desocupado”. Ele também falou sobre um suposto favoritismo de Guilherme Boulos (PSOL) nas eleições municipais de São Paulo.

“O ex-presidente é um desocupado. Não é que ele atrapalha o governo, é uma coisa meio panfletária, descompromissada com as coisas, fake news e advoga uma tese quase incivilizatória. Quem não é democrata não deve participar da eleição”, afirmou Geraldo Alckmin, vice-presidente.

Alckmin participou hoje do UOL Entrevista. O programa foi conduzido pelos colunistas do UOL Carla Araújo e Josias de Souza.

Sobre as eleições municipais de São Paulo, Alckmin diz que Boulos não está garantido no segundo turno como afirmou o ministro Márcio França (PSB) também ao UOL Entrevista. Assim como França, Alckmin é companheiro de partido e apoia a pré-candidata e deputada Tabata Amaral (PSB).

“Eu não diria que Boulos já está garantido, mas é o favorito, não há a menos dúvida. Mas a eleição nem começou”, disse Geraldo Alckmin, vice-presidente.

Enquanto Lula costurou uma aliança para ter Marta Suplicy como vice na chapa encabeçada pelo PSOL, o atual prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), deve contar com o apoio do PL, do ex-presidente Jair Bolsonaro. Lula afirmou esta semana que a disputa seria “entre eu e a figura”, em referência ao ex-presidente.

Alckmin também diz que o apoio político do presidente Lula ajuda Boulos, mas não é um fator decisivo.

“Os partidos estão muito enfraquecidos, então exacerbou o personalismo. Vai depender da capacidade do candidato de levar esperança, criar empatia“, concluiu Geraldo Alckmin, vice-presidente.

Alckmin sobre Bolsonaro: ‘Ex-presidente é um desocupado’.


Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *