Intenso do início ao fim, Atlético e América fizeram um clássico histórico na noite desta quarta-feira (13). Num Mineirão alvinegro, o Coelho largou na frente com um golaço de Felipe Azevedo, mas viu o Galo buscar o empate com Ademir, impedido, na reta final do segundo tempo. No fim das contas, igualdade em 1 a 1, em partida válida pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores.

Mandante, o Atlético dominou a posse de bola desde o início. Criou mais, trocou mais passes, finalizou mais vezes, fez dois gols bem anulados. Mas a estratégia do América, que reestreou o técnico Vagner Mancini, foi eficiente. Em um contragolpe perfeito no início do segundo tempo, Felipe Azevedo ganhou na velocidade de Godín, limpou Jair e acertou o ângulo de Everson para garantir a vitória.

Nos minutos finais, a insistência atleticana deu resultado. O lateral-direito Mariano encontrou bom lançamento para Ademir. Ex-jogador do América, o ponta ganhou de Iago Maidana, dominou bem e finalizou para as redes para deixar tudo igual.

O Atlético fecha o primeiro turno da fase de grupos contra o Independiente Del Valle-EQU, no Equador. As equipes se enfrentam a partir das 21h30 de 26 de abril (terça-feira), no Estádio Banco de Guayaquil. No dia seguinte, o América recebe o Deportes Tolima-COL, no Independência. A bola rola às 19h.

Antes, os rivais mineiros concentram energias na disputa da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 19h, o América recebe o Juventude, no Horto. No domingo, a partir das 18h, o Atlético visita o Athletico-PR na Arena da Baixada, em Curitiba.


Avatar