O Atlético-MG negocia a venda do atacante Sasha ao Bragantino. O Galo trabalha para diminuir a folha salarial de 2023 e por isso irá abrir mão de alguns ativos que não fazem parte dos planos de Coudet. A negociação do centroavante com a equipe de Bragança está encaminhada.

Pelo Atlético, o atacante fez 138 jogos e 26 gols. Participou das campanhas campeãs do Brasileiro e Copa do Brasil de 2021. Além da Supercopa do Brasil de 2022 e os Campeonatos Mineiros de 2020, 2021 e 2022.

O Atlético tem, como meta orçamentária, R$ 80 milhões de vendas e empréstimos onerosos a realizar em 2023. Com as possíveis negociações de Ademir (rumo ao Bahia) e Sasha, o objetivo será cumprido antes do quarto mês da temporada, uma vez que o Galo já conseguiu cerca de R$ 60 milhões.

A ida de Ademir ao Bahia (ainda não oficial) será por US$ 2,5 milhões (R$ 13 milhões). A venda de Sasha ao Bragantino irá girar em torno de US$ 2 milhões. As diretorias dos clubes não comentam sobre a negociação. Por outro lado, o ge apurou com fontes ligadas aos jogadores de que as duas saídas estão trilhadas. Sasha, inclusive, se reuniu hoje com um de seus empresários para falar do futuro da carreira.

Atualmente, a folha salarial do Atlético gira em torno de R$ 18 milhões por mês. O clube teve algumas receitas interessantes como premiação da Copa Libertadores (R$ 21 milhões) e rendas de bilheteria no torneio. Por outro lado, a arrancada na temporada costuma ser complicada, e o Galo ainda convive com o aumento dos juros da dívida onerosa, com a Selic disparada acima dos 13%.

GE


Avatar

administrator