Um avião russo de transporte militar que levava pelo menos 65 soldados ucranianos a bordo caiu nesta quarta-feira (24) em Belgorod, região próxima da fronteira com a Ucrânia. O grupo faria parte de um acordo de troca de prisioneiros.

O aparelho II-76 caiu cerca das 11h (hora local)) no distrito de Korochansky, “A bordo seguiam 65 prisioneiros do Exército ucraniano transportados para Belgorod com vista a uma troca, seis membros da tripulação e três acompanhantes”, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

Equipes médicas e das forças de segurança seguiram para o local da queda do aparelho.

O governador regional de Belgorod, Vyacheslav Gladkov, adiantou que foram destacados funcionários do Ministério das Situações de Emergência e uma equipe de investigação. Ele confirmou que morreram todos os ocupantes do avião.

O presidente da câmara baixa do Parlamento da Federação Russa apressou-se a acusar as forças ucranianas de terem abatido o avião de transporte.

“Eles mataram no ar os seus próprios soldados. As suas mães e os seus filhos esperavam-nos”, afirmou Vyacheslav Volodin aos deputados, acrescentando que foram abatidos “pilotos que efetuavam missão humanitária” com recurso a “mísseis americanos e alemães”.


Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *