Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

Por Lucas Bombana

Investidores procuraram reduzir o risco provocado pelo início da guerra financeira do Ocidente contra a Rússia, por causa da invasão da Ucrânia, e venderam suas ações nas Bolsas dos Estados Unidos, levando a uma queda dos preços desses papéis nesta segunda-feira (28).

O índice de ações americanas S&P 500 recuou 0,24%, enquanto o Dow Jones teve desvalorização de 0,49%. Já o índice Nasdaq, de empresas de tecnologia, fechou em alta de 0,41%.

O movimento se seguiu à mesma reação de investidores da Europa, onde as principais Bolsas registraram perdas.

No Brasil, a Bolsa de Valores permanece fechada nesta segunda e terça-feira (1) por causa do feriado de Carnaval. As negociações de ações no mercado local serão retomadas na quarta-feira (2), a partir das 13h.

O índice Dow Jones Brazil Titans 20 ADR Index negociado no mercado americano, que reflete o desempenho dos principais ADRs (American Depositary Receipt) de empresas brasileiras, registrou ganhos de 0,32% nesta segunda.

O banco central da Rússia anunciou nesta segunda que aumentará sua taxa básica de juros em 10,5 pontos percentuais, elevando-a para 20%, para enfrentar as severas sanções econômicas decretadas pelo Ocidente para punir Rússia pela invasão da Ucrânia.

“O Banco da Rússia tomará novas decisões sobre a taxa de referência com base na avaliação dos riscos associados às condições externas e internas e na resposta dos mercados financeiros a esses riscos”, informou a instituição, que tenta defender o rublo, que se desvalorizou acentuadamente desde o início da invasão russa à Ucrânia.

O anúncio, contudo, não foi capaz de impedir que moeda russa tenha uma nova sessão de forte depreciação nesta segunda, após os Estados Unidos proibirem todas as transações com o Banco Central da Rússia.​

Nesta segunda, a moeda russa registrou depreciação de cerca de 20,3% frente ao dólar. O BC da Rússia informou também que as negociações na Bolsa de Valores local ficarão suspensas nesta segunda e terça-feira (1), com uma decisão sobre a eventual retomada das operações a ser comunicada na quarta-feira (2).

As duas sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos e seus aliados ao BC russo e outras fontes importantes de riqueza provavelmente aumentarão a inflação russa, prejudicarão seu poder de compra e reduzirão os investimentos, disseram autoridades norte-americanas nesta segunda, quando as novas medidas foram anunciadas.

Com o aumento da tensão dos investidores, os preços do petróleo dispararam nesta segunda, com a possibilidade de as sanções causarem graves interrupções nas exportações da commodity pela Rússia.

O barril do Brent subiu 3,12%, para US$ 100,99 (R$ 518,96) depois de chegar a US$ 105,07 (R$ 539,93) por barril no início do pregão.

Fonte: Folhapress


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.