O ex-presidente Jair Bolsonaro ficará longe de Brasília durante o dia 8 de janeiro —data em que o governo federal planeja um grande ato em defesa da democracia para marcar 1 ano da invasão das sedes dos três poderes. Bolsonaro irá para sua casa em Angra dos Reis, balneário a cerca de 150 quilômetros do Rio de Janeiro, onde ficará ao lado de familiares e amigos.

Segundo aliados, Bolsonaro ficará em sua casa na Vila Histórica de Mambucaba, povoado a 50 quilômetros do centro de Angra dos Reis. A informação foi revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O local serve há décadas como casa de veraneio da família Bolsonaro, abrigando programas como pescarias —em uma delas, Bolsonaro foi autuado por pesca ilegal em uma reserva ecológica pelo Ibama, em 2012.

Bolsonaro passou o réveillon em São Miguel dos Milagres, cidade turística no norte de Alagoas, e depois foi para o Rio de Janeiro. Seu plano, segundo aliados, é passar o mês de janeiro fora de Brasília, onde hoje mora.

Ato reunirá os três poderes. O ato deve reunir, além de integrantes do governo Lula, representantes do STF (Supremo Tribunal Federal) e do Legislativo, além de governadores e outras autoridades.


Avatar