Durante uma audiência na Corte Internacional de Justiça em Haia, o governo brasileiro expressou sua condenação à invasão de territórios palestinos por parte de Israel.

A delegação do Itamaraty destacou que as ocupações e violações cometidas por Israel são consideradas “inaceitáveis e ilegais pela comunidade internacional”. O governo brasileiro também equiparou as ações israelenses a uma “anexação” ilegal.

O Brasil fez sua declaração durante as audiências na Corte, onde os juízes internacionais foram convocados a analisar a situação nos territórios palestinos sob ocupação. Um total de 54 países se inscreveram para fazer suas intervenções durante a audiência.

A delegação brasileira enfatizou a necessidade de Israel pôr fim à ocupação da Palestina e exigiu reparações para o povo palestino.

O Brasil solicitou à Corte Internacional de Justiça em Haia que se pronunciasse sobre as implicações legais das ações de Israel, destacando a gravidade desses atos.

Embora o foco não se restrinja apenas à situação em Gaza, o Itamaraty denunciou os ataques israelenses como sendo “desproporcionais e indiscriminados”.

A ocupação dos territórios palestinos viola o direito do povo palestino à autodeterminação, conforme afirmado pelo governo brasileiro na Corte de Haia.

A participação do Brasil em Haia ocorre em meio a uma crise diplomática entre o governo brasileiro e Israel.

A Corte Internacional de Justiça foi solicitada a abordar a situação palestina pela Assembleia Geral da ONU, incluindo a ocupação de regiões da Cisjordânia e de Jerusalém Oriental.

Em uma mudança de posição política, o Brasil sob o governo de Luiz Inácio Lula da Silva optou por apresentar sua própria avaliação à Corte.

Diplomatas brasileiros afirmam que os argumentos do Brasil já estavam preparados antes da crise entre Lula e Netanyahu, comparando a situação em Gaza com os atos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Na primeira sessão da Corte, o chanceler palestino exigiu o fim imediato da ocupação dos territórios por Israel, conforme o direito internacional.


Avatar

1 Comentário

  • Avatar

    Juliana, fevereiro 20, 2024 20:20 @ 20:20

    Adorei conhecer seu blog, tem muito artigos bem interessantes.savefrom net helper

Os comentários estão fechados.