Um novo alerta laranja foi emitido neste domingo (21) pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para a possibilidade de tempestades em dez anos. Além do Rio de Janeiro e Minas Gerais, podem ter chuvas e ventos intensos Acre, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Amazonas, Espírito Santo, Pará e Rondônia.

De acordo com a entidade, o alerta é o segundo da escala, que varia entre amarelo (perigo potencial), laranja (perigo) e vermelho (grande perigo). A possibilidade é de chuvas que volumes de até 100 milímetros até a manhã da próxima segunda-feira (22).

Em todo o país, só não estão em alerta Amapá, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe. Já os demais estados e o Distrito Federal estão em alerta amarelo, o menor da escala.

Mortes e estragos causados pela chuva

Em São Paulo, as fortes chuvas provocaram no sábado (20) pelo menos duas mortes. Em Praia Grande, no litoral paulista, uma mulher de 60 anos que estava na praia veio a óbito após ser atingida por um raio. Já em Sorocaba outra pessoa morreu depois que o carro que dirigia foi arrastado pela enxurrada.

Já no Rio Grande do Sul, os temporais que atingiram a região Sul na última terça-feira (16) deixaram quase um milhão de pessoas sem energia elétrica, segundo a Agência Brasil — o último boletim do governo estadual apontou que mais de 83 mil clientes no estado seguiam sem eletricidade.


Avatar

administrator