O presidente Lula (PT) provocou Jair Bolsonaro (PL) ao dizer que, “certamente“, o ex-presidente não retornará à presidência da República após ter se tornado inelegível por decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em junho.

O que aconteceu:

Lula fez a provação ao dizer que os quatro anos de mandato passam rápido para quem está no governo, mas que para a oposição à “espera da vaga, demora muito”.

Em seguida, o petista afirmou que Bolsonaro deve estar “coçando as unhas e mordendo” porque precisará esperar oito anos para concorrer novamente ao Planalto, mas “certamente não voltará”.

É chato porque o mandato está acabando. Só faltam três anos e quatro meses, porque oito meses já comemos. O mandato para quem está no governo passa muito rápido, para quem está na oposição esperando a vaga demora muito. O Bolsonaro deve estar coçando as unhas e mordendo porque vai demorar para ele e certamente [ele] não voltará”, declarou.

A fala de Lula foi durante evento nesta sexta-feira (1º), em Fortaleza (CE), em celebrações dos programas de microcrédito urbano e rural do Banco do Nordeste.

Na ocasião, o petista destacava as ações implantadas por seu terceiro governo para os médio e microempreendedores. Segundo o presidente, sua gestão quer permitir mais créditos aos produtores para alavancar a economia e melhorar a imagem do Brasil no mundo.


Avatar

administrator