Além da reabertura do mercado para a carne bovina brasileira desossada com menos de 30 meses de idade, a China também habilitou quatro frigoríficos brasileiros para exportação, segundo informações da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).

As unidades que receberam autorização para exportar carne bovina aos chineses são: unidade da JBS, em Vilhena (RO), Frigorífico Irmãos Gonçalves, em Jaru (RO), Frigorífico Astra, em Cruzeiro d’Oeste (PR) e a unidade da Frisa, em Colatina (ES).

Essas são as primeiras habilitações de unidades brasileiras que os chineses anunciam desde 2019.

Em comunicado, a Administração-Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês) também retirou a suspensão das exportações de dois frigoríficos que estavam embargados.

Um deles é o Frigorífico Redentor, localizado em Guarantã do Norte (MT), que estava impedido de exportar a proteína vermelha desde agosto de 2022 e também a planta da BRF em Marau (RS), cujas vendas de carne de frango estavam interrompidas desde dezembro de 2021.

De acordo com a Gacc, as medidas valem a partir desta quinta-feira. Procurado, o Ministério da Agricultura ainda não confirmou as informações.


Avatar

administrator