O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) defendeu que se deixe o protagonismo do evento do dia 7 de Setembro “para quem está sentado na cadeira de presidente”. Será o primeiro desfile do governo Lula (PT) depois de a data ter sido cooptada por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

O que aconteceu?

Flávio Bolsonaro disse que ele deve passar o 7 de Setembro em um culto numa igreja a convite do senador Magno Malta. Seu pai também deve ir.

Ele falou com a imprensa após ter doado sangue no hemocentro de Brasília, vestido com uma camiseta da seleção brasileira.

Deixa o 7 de Setembro para quem está, hoje, sentado na cadeira de presidente. Ver qual direção ele vai dar”, disse Flávio Bolsonaro, senador e filho de Jair Bolsonaro.

O senador também afastou a possibilidade de seu pai ser preso pelo escândalo das joias sauditas. Bolsonaro está sendo investigado pela Polícia Federal.


Avatar

administrator