O alerta da inteligência turca contra o serviço de inteligência externa israelense Mossad à luz (ante) da possível perseguição de Isael a membros do Hamas na Turquia não é uma brincadeira, é uma declaração séria, disse Coskun Basbug, especialista turco no campo da segurança e contraterrorismo.

Anteriormente, o The Wall Street Journal, citando autoridades israelenses, escreveu que os serviços de Israel estavam se preparando para eliminar os líderes palestinos do Hamas em todo o mundo após o fim da guerra de Gaza.

Em particular, estão em curso planos para seguir os líderes do Hamas que vivem no Líbano, Turquia e no Catar. Agora, Israel está trabalhando para capturar e eliminar os líderes do movimento em Gaza.

Ao mesmo tempo, o canal de TV turco Haberturk, citando fontes das agências de inteligência do país, informou que a inteligência turca alertou Israel sobre as “sérias consequências” no caso de perseguição de membros do Hamas que vivem na Turquia.

“Israel está passando pelo que chamo de eclipse mental […]. A posição da Turquia tem sido clara desde o início. Defendemos o componente humano. A nossa posição foi clara desde o início. A principal tática de Israel é fazer-se parecer mais forte do que realmente é. Isso é assim na verdade? Nem perto. Se você hoje prestar atenção, no início dos eventos em Gaza houve um período de fraqueza da inteligência”, disse o especialista à CNN Turk.

Segundo ele, Ancara alertou o lado israelense. “Fazer julgamentos sem qualquer troca de opiniões entre os dois países está além da capacidade do Mossad. MIT [Organização Nacional de Inteligência da Turquia] não está brincando. A advertência mostra isso”, disse o especialista.


Avatar