Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O estoque total de crédito no país subiu 0,8% em abril, totalizando R$ 4,816 trilhões. O valor equivale a 53,7% do Produto Interno Bruto (PIB). Em março, o saldo foi de R$ 4,777 trilhões.

Os números são da Nota Monetária de Crédito, divulgada pelo Banco Central nesta quarta-feira (28). O documento mostra que a taxa média de juros ficou em 27,7% ao ano, com alta mensal de 1%.

Após alta em março, o número de novas operações, por outro lado, recuou 10,4% em abril. O valor em concessões passou de R$ 512,3 bilhões para R$ 459,1 bilhões.

Desse total, R$ 248,1 bilhões foram em empréstimos para famílias e R$ 211 bilhões em concessões para empresas.

A 2,7% do saldo total das operações, a inadimplência variou 0,1 ponto percentual para cima. Nos recorte de recursos livre, no entanto, a inadimplência sobe para 3,5%.

Nos recursos livres, o estoque de crédito atingiu R$ 2,906 trilhões. Ainda nesse segmento, a concessão de crédito somou R$ 421,1 bilhões em abril.

Já o crédito com recursos direcionados, que é aquele subsidiado por governos, somou R$ 1,909 trilhão. A concessão de crédito totalizou R$ 38 bilhões, com queda mensal de 14,5% ante o mês de março.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.