Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e da Rússia, Vladimir Putin, conversaram por telefone nesta segunda-feira (10).

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, Lula defendeu negociações de paz para o fim da guerra da Rússia na Ucrânia. O presidente brasileiro também pediu um acordo que envolva os dois lados do conflito.

Em maio, os governos de Brasil e China negociaram entendimentos sobre uma resolução para a guerra entre Rússia e Ucrânia, defendendo negociação política para que a paz seja alcançada. Os países também pediram o apoio da comunidade internacional.

Brasil e China defendem que três princípios:

a não expansão do campo de batalha;

a não escalada dos combates; e

a não inflamação da situação por qualquer parte.

Durante o telefonema, Lula buscou construir um acordo em linha com o documento assinado entre Brasil e China.

Em contrapartida, segundo o Itamaraty, Putin mencionou as posições da Rússia em relação a uma conferência de paz para tentar solucionar o conflito da Ucrânia. A reunião deve acontecer neste mês, na Suíça.

A Rússia não foi convidada e considera as negociações sem sentido sem a sua participação.

Durante a ligação, Putin também expressou sua solidariedade com as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, que atingiram o estado no início do mês passado.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *