Na despedida do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, nesta quarta-feira (31), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destacou o trabalho extraordinário realizado por Dino ao longo do ano de 2023, marcado por desafios significativos na área da segurança pública. Este foi o último compromisso público de Dino no cargo, pois a partir de quinta-feira (1º), ele retorna ao Senado, onde permanecerá até sua posse como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em 22 de fevereiro.

Lula elogiou o desempenho de Dino à frente da pasta, caracterizando-o como um serviço extraordinário prestado em um ano particularmente desafiador. O novo titular da pasta, o ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski, que assumirá a partir de 1º de fevereiro, também participou do evento.

A troca no ministério foi anunciada por Lula em 11 de janeiro, após a aprovação de Dino para o STF. A posse de Lewandowski está agendada para às 11h desta quinta-feira, seguida por uma cerimônia de transmissão de cargo à tarde no Ministério da Justiça.

Ricardo Lewandowski já indicou alguns membros-chave para sua equipe, incluindo Manoel Carlos de Almeida Neto como secretário-executivo, Mário Sarrubbo como secretário nacional de Segurança Pública e Ana Maria Neves como chefe de gabinete do ministro. Além disso, confirmou a permanência de Andrei Rodrigues na direção da Polícia Federal, mantendo a confiança de Lula.

Em uma entrevista à GloboNews, Lewandowski enfatizou que a segurança pública será uma área de atenção especial durante sua gestão, com foco em atividades de inteligência e na coordenação entre as autoridades policiais para enfrentar de maneira mais eficaz e eficiente a criminalidade organizada.


Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *