O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) está intensificando suas ações de solidariedade no Rio Grande do Sul, em virtude das enchentes que devastaram o estado. Com a instalação de 10 cozinhas solidárias em diferentes localidades, incluindo Porto Alegre, Canoas, Arroio do Meio e Lajeado, o MAB visa fornecer alimentos essenciais, água potável e apoio às comunidades desalojadas e desabrigadas.

A iniciativa conta com a participação de voluntários de vários estados, incluindo Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e São Paulo, que se unem às operações na região metropolitana de Porto Alegre e no Vale do Taquari, áreas severamente afetadas pelas enchentes.

Diante do aumento do número de desalojados e desabrigados que cresce a cada dia: (467 municípios afetados, com total de 68.345 pessoas em abrigos, 581.633 desalojados , 2.341.060 atingidos, 161 mortos, 806 feridos, 82 desaparecidos) dados atualizados pela Defesa Civil do RS nesta quarta-feira (22), o MAB também amplia sua força-tarefa na região. Sua equipe foi reforçada para atender à crescente demanda e hoje mais de 5 mil refeições diárias são entregues. Mesmo enfrentando desafios logísticos pesados devido às condições de devastação causadas pelas fortes chuvas, o Movimento tem conseguido chegar a quem precisa de ajuda.

Segundo o MAB, as cozinhas solidárias representam, em muitos locais, a única fonte de alimentação diária para os atingidos pelas enchentes, destacando a importância dessa iniciativa humanitária em meio à crise. As marmitas chegam também para os atingidos que estão morando em carros, caminhões e sob os viadutos. Em algumas regiões, como as Ilhas das Flores, Pavão e Marinheiros de Porto Alegre, onde a água inundou até o segundo andar das casas, as entregas estão sendo feitas de barco. Nessas áreas, onde os moradores enfrentam condições extremamente desafiadoras, cerca de 150 a 200 marmitas são distribuídas diariamente, proporcionando um alívio em meio à crise. (Veja vídeo produzido pelo MAB) nesta segunda-feira, dia 20 de maio.

O MAB precisa de sua ajuda para levar mais alimento ao povo gaúcho, que sofre com as enchentes

Campanhas de doação têm sido fundamentais para garantir recursos e suprimentos necessários para manter o funcionamento das cozinhas solidárias e oferecer suporte às comunidades atingidas. Para contribuir com as ações do MAB e oferecer auxílio às vítimas das enchentes, as doações podem ser realizadas por meio do PIX ou diretamente para a conta bancária da Associação Nacional dos Atingidos por Barragens (ANAB), pelo PIX: 73316457/0001-83, outras formas em: mab.org.br/apoieosatingidos/ .Toda ajuda é bem-vinda e fundamental. 🤝

Fotos: Arquivo MAB

Serviço:

As marmitas saindo para entrega em Canoas. 400 marmitas entregues todos dias. Parceria do MAB, com Sindimoto, Petroleiros pela Vida, MMM, MPA e diversas outras organizações

Entrega de marmitas do MAB para atingidos que estão morando em carros, caminhões, nos viadutos. E alguns estavam ilhados, então a entrega estava sendo feita de barco.

Entrega das marmitas nas Ilhas de Porto Alegre. Nessa região, a água chegou a inundar, inclusive, o segundo andar das casas. Os moradores estão se abrigando embaixo dos viadutos. Todos os dias o MAB entrega cerca de 150/200 marmitas para essas famílias.


Avatar