A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recebeu, na manhã desta quinta-feira (22), 78.790 doses de vacinas contra a dengue, Qdenga, para imunizar crianças de 10 e 11 anos.

De acordo com lista divulgada, em 25 de janeiro deste ano, pelo Ministério da Saúde, 22 cidades serão contempladas com a primeira remessa da vacina.

São elas:

Antônio Dias
Belo Horizonte
Belo Vale
Caeté
Coronel Fabriciano
Córrego Novo
Dionísio
Jaboticatubas
Jaguaraçu
Marliéria
Moeda
Nova Lima
Nova União
Pingo-D’Água
Raposos
Ribeirão das Neves
Rio Acima
Sabará
Santa Luzia
Santa Maria de Itabira
Taquaraçu de Minas
Timóteo

Depois de desembarcadas no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Grande BH, as doses foram encaminhadas para a Central Estadual da Rede de Frio, no bairro Gameleira, na Região Oeste da capital mineira, e a SES-MG fará a distribuição e logística da vacina às Unidades Regionais de Saúde de Belo Horizonte e Coronel Fabriciano/Timóteo.

De acordo com o órgão federal, os critérios para definição dos municípios que receberão as doses seguiram as recomendações da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização e da Organização Mundial de Saúde.

As regiões de saúde selecionadas atendem a três critérios:

São formadas por municípios de grande porte, ou seja, mais de 100 mil habitantes;

Com alta transmissão de dengue registrada em 2023 e 2024;

Com maior predominância do sorotipo DENV-2.

A SES-MG aguarda mais informações do órgão federal sobre o envio de novas remessas.

Qdenga

O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante Qdenga, contra a dengue, na rede pública, mas a quantidade disponibilizada pela fabricante japonesa Takeda é restrita.

Por isso, o Ministério da Saúde definiu como prioridade a vacinação de pessoas de 10 a 14 anos residentes em municípios de grande porte e com classificação de alta transmissão de dengue do tipo 2. As cidades próximas a esses locais também foram incluídas.


Avatar