Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O uso obrigatório de máscaras está mantido em Belo Horizonte até 15 de agosto. A decisão da prefeitura (PBH) foi tomada após reunião na terça-feira (26) e divulgada nessa quarta-feira (27). A administração municipal considera o surgimento da variante BA5 da Covid-19, que é altamente transmissível.

Na rede de ensino municipal, as crianças retornam de férias em 1º de agosto. A PBH justificou que, para a decisão de manter a obrigatoriedade das máscaras foi avaliada, ainda, a baixa cobertura vacinal do público infantil.

Entre o grupo de 5 a 11 anos, 61,4% tomaram a segunda dose da vacina contra o coronavírus. A dose de reforço foi aplicada em apenas 22,1% dos adolescentes de 12 a 17 anos.

Decisão de manter a máscara

O decreto em vigência que garante a obrigatoriedade das máscaras se encerraria no próximo domingo (31). No entanto, a PBH optou por mantê-lo por mais 15 dias. “A decisão foi tomada pelo Grupo Técnico da Secretaria Municipal de Saúde em reunião com o prefeito Fuad Noman, na tarde dessa terça-feira”, diz o comunicado.

As máscaras devem ser adotados nos equipamentos e serviços de saúde da cidade, públicos ou não, e no transporte coletivo. Além de estações de embarque e desembarque de passageiros e situações específicas previstas em protocolo, como no self-service dos restaurantes.

“O município seguirá com o acompanhamento diário dos números da Covid-19 na cidade e, caso necessário e com base em evidências científicas, medidas serão prontamente adotadas”, informou a PBH.


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.