Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O ex-deputado e pré-candidato ao governo de Minas, Marcus Pestana (PSDB), classificou as tentativas de escolha de um vice na chapa do governador Romeu Zema (Novo) de “trapalhadas”.

“Não fomos nós que criamos esse problema todo, foi o Novo e o Romeu Zema com sua inabilidade, inexperiência, amadorismo e indelicadeza. Ele está terceirizando a solução de um problema que ele e seu partido criaram para o PSDB resolver”, afirmou em entrevista nesta quinta-feira (24).

Pestana se referiu ao lançamento do nome do jornalista Eduardo Costa (Cidadania) para ocupar a vaga de vice na chapa de Zema. “Fizeram isso com Paulo Brant (vice de Zema), Bilac Pinto e Marcelo Aro e depois puxaram o tapete deles. Isso é uma irresponsabilidade”, criticou.

O tucano minimizou o suposto impasse entre o presidente do Cidadania em Minas, o deputado estadual João Vitor Xavier, e o deputado federal Paulo Abi-Ackel, presidente do PSDB-MG, que tem sido o pano de fundo para toda a polêmcia envolvendo o nome de Eduardo Costa. “Os dois vão se entender, isso é apenas a marola normal da política. Foi uma turbulência pequena em meio a uma complexidade política”, garantiu Pestana.


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.