Pelo menos 62 municípios de Minas Gerais estão em situação de emergência por causa da dengue. O número foi atualizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na tarde desta terça-feira (20).

Até a última sexta-feira (16), eram 47 municípios do estado nessa situação. Entre as cidades que tiveram os decretos contabilizados nesse meio tempo, estão a capital, Belo Horizonte, e Montes Claros, no Norte de Minas.

De acordo com o Ministério da Saúde, Minas Gerais já ultrapassa os 230 mil casos prováveis de dengue. Desses, 20 evoluíram para óbito.

A incidência de dengue no estado chegou a 1.061,7 casos prováveis para cada 100 mil habitantes. Até a última quarta-feira (14), o número era 864,5.

Minas Gerais é o estado com maior número de casos de dengue no país, seguido por São Paulo (111.470). É o segundo maior coeficiente de incidência, atrás somente do Distrito Federal (2.814,5 casos por 100 mil habitantes).

Na prática, a decretação de situação de emergência permite adoção de medidas administrativas e assistenciais necessárias à contenção da epidemia, facilitando a compra de insumos e materiais e a contratação de serviços.

Municípios em situação de emergência

Machado
Monte Belo
Belo Horizonte
Sabará
Jaboticatubas
Contagem
Crucilândia
Juatuba
Mateus Leme
Mariana
Lagoa Santa
Vespasiano
São José da Lapa
Matozinhos
Brumadinho
Santa Luzia
Caratinga
Ipatinga
Inhapim
Mesquita
Dom Cavati
Santana do Paraíso
Timóteo
Cláudio
Perdigão
Arcos
Itapecerica
Bom Despacho
Santo Antônio do Monte
Barão de Cocais
Itabira
João Monlevade
Santa Maria de Itabira
São Francisco
Patis
Montes Claros
Bocaiúva
Glaucilândia
Passos
Ibiaí
Lassance
Ponto Chique
Raul Soares
São José do Alegre
São João Del Rei
Araçaí
Baldim
Capim Branco
Curvelo
Felixlândia
Inimutaba
Jequitibá
Papagaios
Paraopeba
Presidente Juscelino
Santana de Pirapama
Sete Lagoas
Pedrinópolis
Chapada Gaúcha
Carvalhos
Itamonte
Varginha


Avatar