O juiz Eduardo Appio, que comandava a Operação Lava Jato desde fevereiro, afirmou hoje ao UOL que está “tranquilo” e que acredita que o caso “será revertido em Brasília”. Ele não fez comentários específicos sobre a decisão do TRF-4 de ontem o afastou da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Appio afirmou ter ficado sabendo do afastamento pelos sites jornalísticos e que ainda não leu a decisão. “Neste momento, é melhor me manter calado”, disse.

Juiz foi afastado cautelarmente ontem, e seus dispositivos eletrônicos usados para o trabalho serão periciados. Ele é suspeito de ter feito uma ligação intimidadora para o filho do desembargador Marcelo Malucelli, envolvido no julgamento de um processo disciplinar contra Appio e sócio do ex-juiz Sergio Moro (União-PR).


Avatar