Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

Fundado em 1922 para tratar casos de tuberculose, o São Lucas foi o primeiro hospital particular da capital. Localizado no bairro Santa Efigênia, na região Leste, oferece vários os tipos de cuidados, que vão desde ao pronto-atendimento até cirurgias de alta complexidade, em diferentes especialidades.

Em nota, a instituição afirmou que “o encerramento se dará dentro do prazo de 90 dias”. E que a decisão foi tomada pela atual gestão “com a finalidade de garantir a sustentabilidade financeira do hospital”.

A unidade médica, que integra o Grupo Santa Casa BH (GSCBH), atende tanto pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto os da rede privada.

Sobre os pacientes que utilizam o serviço privado, a nota informa que “será feito um cronograma de encerramento, que já está sendo alinhado com as operadoras contratantes e comunicado posteriormente aos usuários.”

Atendimento pediátrico pelo Sus

Para quem precisa de atendimento pediátrico na capital, essa é mais uma preocupação. Usuários do SUS têm enfrentado dificuldades com suspensão do serviço médico infantil na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leste no último fim de semana. E, neste mês, a UPA Norte também sofreu com a falta de pediatras, problema que já havia ocorrido em julho.

“Praticamente todos os dias da semana tem alguma UPA da cidade com atendimento pediátrico suspenso por falta de profissionais”, afirmou Ariete Domingues de Araújo, diretora do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais, ao Hoje em Dia na última quinta-feira (14).

Segundo a pediatra que há 27 anos trabalha na UPA Norte, “já é rotina que as equipes nas UPAS estejam incompletas por falta de profissionais, que acabam realocados para outros tipos de atendimentos em outros hospitais.”

Um balanço feito pelo Sindicato dos Médicos constatou que 15 pediatras já pediram demissão da UPA Norte e 12 da UPA Leste. “Isso é reflexo da sobrecarga de trabalho e da indefinição de onde o pediatra terá que trabalhar”, explica a sindicalista.

A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde de BH para repercutir possíveis impactos com a desativação dos serviços de atendimento pediátrico pelo Sus no São Lucas e também sobre a falta de pediatras nas equipes das UPAs e aguarda retorno.


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.