O Governo de Minas, por meio do Instituto Estadual de Florestas (IEF), e a empresa Parques Fundo de Investimento em Participações em Infraestrutura assinaram, na terça-feira (23), um contrato de concessão de uso dos parques estaduais do Ibitipoca e Itacolomi pelos próximos 30 anos. A empresa foi a vencedora do leilão realizado em dezembro do ano passado.

A outorga fixa paga ao estado foi de R$ 3,5 milhões, o que representa ágio de 800% sobre o valor mínimo que era exigido no edital.

O contrato também prevê outorga variável que será paga de acordo com a receita da concessionária.

O projeto inclui ainda investimento de R$ 15 milhões nas duas unidades nos próximos seis anos.

A empresa ficará responsável por atividades de ecoturismo e visitação, serviços de gestão, operação e manutenção do Parque Estadual do Ibitipoca, nas cidades de Santa Rita de Ibitipoca e Lima Duarte, na na Zona da Mata mineira, e do Parque Estadual do Itacolomi, nos municípios de Ouro Preto e Mariana, Região Central de Minas.

Já o IEF fará a gestão administrativa das duas unidades e será responsável pela conservação ambiental, fomento a pesquisas, educação ambiental, prevenção e combate aos incêndios, além da gestão do contrato de concessão, monitoramento e fiscalização do desempenho da concessionária.


Avatar