Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, escolheu Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador, como sua vice na disputa ao Planalto. Essa é a terceira vez que o ex-ministro disputa a eleição ao Executivo federal com uma chapa pura, isto é, formada por pessoas do mesmo partido.

A escolha por Ana Paula foi decidida durante uma reunião da Executiva do PDT nesta manhã, na sede do partido em Brasília. O nome foi definido no último dia do período das convenções partidárias, quando as legendas oficializam seus candidatos.

O nome de Ana Paula Matos era defendido por uma ala do partido por ela ser a única mulher negra cotada para a vaga, o que traria mais representatividade à chapa. Além disso, a opção por Ana Paula pode abrir um canal de diálogo com o ex-governador ACM Neto (União), que vem se mantendo equidistante dos presidenciáveis. Ele foi um dos principais cabos eleitorais de Bruno Reis, prefeito de Salvador, e cabeça da chapa formada com Ana Paula.

Dirigentes do partido acreditam que a vice de Salvador possa ser um bom contraponto a imagem do Ciro Gomes, por ter uma linguagem mais direta ao público.

— Excelente! É mulher, negra, nordestina, guerreira e extremamente preparada — disse o deputado federal André Figueiredo, vice-presidente do PDT.

Sem ter conseguido apoio de outros partidos para compor sua chapa, o pedetista repete a mesma fórmula que usou em 2018: anunciar uma mulher do próprio partido no último dia das convenções. Naquele ano, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), então correligionária de Ciro, foi anunciada no dia 5 de agosto, prazo final dos eventos que oficializam a candidatura dos postulantes na eleição.

Ana é advogada, professora, mestre em Administração e especialista em Finanças. Ela se elegeu como vice em Salvador, em 2020, com um discurso voltado ao combate à desigualdade social e em defesa do direito da mulher. Em nota, o PDT informou que Ana Paula contribuirá com a coordenação do plano de governo de Ciro.

“Com grande experiência na gestão pública, ela contribuirá com a coordenação do plano de governo e terá papel fundamental na defesa do Projeto Nacional de Desenvolvimento”, diz a nota, que continua: “Ana Paula, nascida em Salvador, tem atuação forte na área social e de combate à pobreza, compreendendo a importância da luta para acabar com a miséria no Brasil. Negra, tem lutado contra o racismo e defendido políticas afirmativas. Eleita, será a primeira mulher negra à ocupar o cargo no Brasil”.

A costura para que Ana Paula fosse escolhida como vice de Ciro começou após a viagem do presidenciável à Bahia, no início de julho. O ex-ministro e, agora, a candidata à vice-presidência se conheceram na ocasião.

Além do nome de Ana Paula, outro seis foram sondados para a vaga: a senadora Leila Barros (DF); a ex-reitora da USP Suely Vilela (SP); a vice-prefeita de Recife, Isabella de Roldão (PE), a ex-deputada federal Sueli Vidigal (ES); e as deputadas estaduais Martha Rocha (RJ) e Juliana Brizola (RS).

Nascida em Salvador, Ana Paula, de 44 anos, é servidora concursada da Petrobras e já foi secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador e secretária de Governo da capital baiana.

 

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.