Enquanto a senadora e ex-presidenciável Simone Tebet (MDB-MS) tem tido um papel mais ativo na campanha do ex-presidente Lula (PT), que enfrenta Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da eleição presidencial, Ciro Gomes (PDT) sumiu do cenário eleitoral.

O PDT declarou apoio a Lula no segundo turno, inclusive com o endosso de Ciro, mas o ex-presidenciável não demonstra qualquer engajamento na campanha.

Segundo a coluna de Igor Gadelha, do Metrópoles, “a decisão do ex-presidenciável frustra a campanha de Lula, que sonhava com uma adesão ‘ampliada’ de Ciro durante o segundo turno”.

Ao contrário do que fez no primeiro turno, quando usava as redes sociais amplamente para pedir votos e divulgar seus projetos, o pedetista não posta nada relativo à eleição em suas contas no Twitter, Instagram e Facebook há mais de uma semana.

Em 2018, quando também disputou a Presidência no primeiro turno, Ciro foi muito criticado por se omitir na disputa de segundo turno, marcada entre Fernando Haddad (PT) e Bolsonaro.


Avatar

administrator