A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) entregou hoje um conjunto de joias e armas presenteadas pelo governo da Arábia Saudita.

Joias foram entregues à Caixa Econômica Federal em Brasília.

O conjunto inclui relógio, caneta, anel, abotoaduras e um masbaha (tipo de rosário tradicional da religião islâmica), todos da marca suíça Chopard.

Advogados do ex-presidente também entregaram armas na sede da PF.

TCU determinou que ex-presidente não poderia ficar com joias. Em decisão do último dia 15, o ministro Bruno Dantas afirmou que, para ser considerado patrimônio privado do presidente, o item teria de ser “de uso personalíssimo” e de baixo valor, o que não é o caso.


Avatar

administrator