Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

As contas do Governo Central registraram superávit primário de R$ 28,553 bilhões em abril de 2022. Esse é o melhor resultado para o mês desde 2011. O valor também é 52,9% maior que o saldo positivo de R$ 16,658 registrado no mesmo mês do ano passado.

O resultado foi melhor que a mediana das expectativas da pesquisa Prisma Fiscal do Ministério da Economia, que indicava um saldo positivo de R$ 17,3 bilhões.

Os dados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) nesta terça-feira (14), após semanas de atraso por conta de greve do Tesouro Nacional. O superávit indica que as receitas do governo foram maiores que as despesas públicas do período.

O resultado primário do Governo Central inclui as contas do Tesouro Nacional, do Banco Central e da Previdência Social, excluídas as despesas com juros. Em abril, o Tesouro Nacional registrou superávit de R$ 52,907 bilhões, enquanto a Previdência Social e o Banco Central apresentaram, respectivamente, déficit de R$ 24,290 bilhões e R$ 64 milhões.

Já o resultado acumulado do ano foi um superávit de R$ 79,263 bilhões, com alta real de 75,1% em relação aos quatro primeiros meses de 20221. Foi o maior superávit para o primeiro quadrimestre do ano em toda a série histórica, iniciada em 1997.

Em 2021, o Governo Central registrou o primeiro superávit após oito anos no vermelho, com resultado positivo em R$ 35,1 bilhões. Atualmente, a projeção oficial da equipe econômica é de rombo fiscal de R$ 66,9 bilhões nas contas públicas em 2022. O número é menor que o déficit de R$ 170,5 bilhões permitido pela meta fiscal prevista no Orçamento deste ano.

 

 

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.