O presidente Lula (PT) fez algumas alterações nos postos de lideranças das Forças Armadas. As substituições constam no DOU (Diário Oficial da União) de hoje, assinadas pelo petista e pelo ministro da Defesa, José Múcio.

No total, Lula fez 10 trocas em lideranças das Forças, sendo oito generais e dois brigadeiros do ar.

Uma das mudanças envolve o general Marcelo Lorenzini Zucco, irmão do deputado tenente-coronel Zucco, que é presidente da CPI do MST na Câmara.

O presidente também realocou o general Ricardo José Nigri, ex-número 2 do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

As mudanças já tinham sido acordadas internamente pelo Exército, mas só foram oficializadas hoje, segundo apuração da reportagem.

Veja todas as alterações:

General Marcelo Lorenzini Zucco: o militar deixa o cargo de Comandante da 1º Brigada de Infantaria da Selva para ser adido ao Comando Militar do Sul.

General Ricardo José Nigri: ex-número do 2 do GSI, ele vai assumir a chefia do Gabinete de Planejamento e Gestão do Departamento de Ciência e Tecnologia.

Brigadeiro do ar Max Cinta Moreira: ex-membro do GSI, o brigadeiro vai ocupar o cargo de chefe do Escritório de Governança Executiva do Estado-Maior da Aeronáutica.

General Marcelo Goñes Sabbá de Alencar: outro ex-membro do GSI, ele agora assumirá o posto de 2º Subchefe do Estado-Maior do Exército.

General Eduardo Antonio Fernandes: o general deixará a função de comandante logístico e será conselheiro militar na Missão Permanente do Brasil nas Nações Unidas, em Nova York, nos Estados Unidos, por dois anos.

Brigadeiro do ar Márlio Concidera Estebanez: ele sai da liderança do Escritório de Governança Executiva do Estado-Maior da Aeronáutica para assumir o posto de chefe do Centro de Gestão Estratégica do Comando de Defesa Cibernética.

General Paulo Sergio Reis Filho: deixa o cargo de chefe do Centro de Defesa Cibernética para assumir como comandante de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército.

General Paulo Edson Santa Barba: o militar sai da chefia do Estado-Maior do Comando Militar do Leste para ser comandante da 1º Brigada de Infantaria de Selva.

General Mario Eduardo Moura Sassone: ele vai assumir como chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Leste e deixará o comando do Centro de Coordenação de Operações do mesmo Comando.

General Luís Carlos Soares de Sousa: o militar vai deixar a chefia do Gabinete de Planejamento e Gestão do Departamento de Ciência e Tecnologia para ser chefe de Defesa Cibernética.


Avatar