O STF iniciou hoje o julgamento de mais 131 envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro.

O STF analisa o sexto bloco de denúncias contra os invasores, autores intelectuais e incitadores dos atos. Os ministros devem votar no plenário virtual até 23h59 de 29 de maio.

O relator Alexandre de Moraes votou favorável ao recebimento das denúncias.

Até o momento, o STF tornou réus 1.045 acusados pela destruição da Praça dos Três Poderes. Ao todo, a PGR denunciou 1.390 pessoas pelos ataques.

Neste julgamento, os ministros avaliaram as ações dos chamados “autores intelectuais”, ou seja, pessoas que instigaram os atos. A maioria dos incitadores já está solta e responde em liberdade.

As denúncias da PGR são para os crimes de:

associação criminosa armada;
abolição violenta do Estado Democrático de Direito;
golpe de Estado;
dano qualificado pela violência e grave ameaça com emprego de substância inflamável contra o patrimônio da União e com considerável prejuízo para a vítima;
deterioração de patrimônio tombado.


Avatar