A Rússia anunciou nesta quinta-feira (14) que neutralizou nove drones ucranianos que se dirigiam para Moscou, poucas horas antes de o presidente,Vladimir Putin participar de encontro com jornalistas e cidadãos na capital russa.

“Foi frustrada uma tentativa do regime de Kiev de levar a cabo um ataque terrorista utilizando drones aéreos contra locais em território russo”, afirmou o Ministério da Defesa russo em comunicado.

Nove drones ucranianos foram destruídos ou interceptados” sobre Kaluga, a 160 quilómetros da capital, e a região de Moscou, segundo a mesma fonte.

Kiev não se pronunciou sobre a acusação do suposto ataque contra Moscou, tendo se referido a lançamentos de aparelhos aéreos não tripulados lançados pela Rússia contra a Ucrânia.

Um relatório militar ucraniano divulgado hoje diz que Kiev interceptou 41 dos 42 drones explosivos lançados pela Rússia durante a noite.

O Exército russo também disparou mísseis S-300 em direção às regiões meridionais de Kherson e Mykolaiv.

Kiev não informou as consequências desses ataques.


Avatar