Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O PDT tem articulado a participação da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, da Rede, na candidatura do presidenciável Ciro Gomes. As tratativas têm sido capitaneadas pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que tem conversado com regularidade com Heloísa Helena, porta-voz da Rede.

O desejo de aliados do presidenciável é de que Marina ocupe um posto na estrutura de campanha. Caso ela decline, a ideia é que pelo menos contribua com propostas na área de meio ambiente. No ano passado, Marina chegou a ser sondada para ser candidata a vice-presidente na chapa do pedetista.

Segundo integrantes da Rede, porém, ela hoje tem preferência por uma candidatura a deputada federal por São Paulo. “Nós a convidamos para que ela seja candidata a vice-presidente do Ciro Gomes.

Ela é uma pessoa que teria qualquer função que quisesse em nossa campanha eleitoral. Mas nós respeitamos a realidade do partido dela, que negocia uma federação”, disse à CNN Brasil o presidente nacional do PDT.

A Rede tem negociado a formação de uma federação partidária com o PSOL, partido hoje propenso a um apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. Na Rede, o senador Randolfe Rodrigues (AP) já anunciou apoio ao petista.

No acordo por uma federação partidária, Rede e PSOL discutem incluir a previsão de que integrantes do grupo possam, nos próximos quatro anos, divergir publicamente sem sofrerem sanção.

Fonte: CNN Brasil


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.