O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), confirmou hoje que a Polícia Federal realizará um esquema de segurança dentro do aeroporto de Brasília para o retorno do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

O ministro foi questionado pelo deputado federal Carlos Jordy (PL) durante audiência na Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados. Jordy defendeu que a PF atue na segurança do aeroporto e dos arredores.

Em resposta, Dino disse que a PF não pode fazer, de acordo com a lei, a segurança na área externa ao aeroporto. “No aeroporto, sim, nós faremos“, disse o ministro.

Ele disse que a PF participa de uma reunião na tarde de hoje com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal para traçar um esquema de segurança para o evento.

Bolsonaro está nos EUA desde 30 de dezembro de 2022, dois dias antes do fim do seu mandato. Ele deve retornar nesta quinta-feira (30) ao país.

O pedido de reforço no policiamento da região veio do presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

Segundo a assessoria do PL, partido de Bolsonaro, foram enviados ofícios ao governo distrital, ao Ministério da Justiça e à Polícia Federal.

A SSP ressaltou que “não é a responsável pela segurança do ex-presidente, mas atua em casos de manifestações populares e controle do trânsito”.


Avatar

administrator