Lideranças do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Minas Gerais tentam viabilizar uma visita, ao estado do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, filiado à legenda. Nesta quarta-feira (6), Alckmin vai receber, em Brasília (DF), interlocutores do PSB mineiro. A ideia, segundo apurou a Itatiaia, é aproveitar a o encontro para apresentar um possível cronograma de agendas de Alckmin na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

O plano envolve trazer o vice-presidente para dois dias de eventos — preferencialmente em uma sexta-feira e um sábado. Assim, seria possível organizar uma atividade com representantes dos setores produtivo e empresarial, em consonância com as atribuições do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), chefiado por Alckmin.

O objetivo é aproveitar a eventual passagem de Alckmin por Minas para organizar, também, um evento partidário. O PSB mineiro é presidido pelo ex-deputado federal Mário Assad Júnior e conversa, com outras forças políticas, sobre a possibilidade de emplacar a pré-candidatura do ex-vice-governador Paulo Brant como candidato à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

A última vez que Geraldo Alckmin esteve em Minas Gerais aconteceu em agosto, quando esteve em Sete Lagoas ao lado do governador Romeu Zema (Novo). Juntos, eles acompanharam a cerimônia de entrega de uma nova frota de caminhões e ônibus.

Em abril, o vice-presidente participou, ao lado de interlocutores do PSB de Minas, de uma reunião que terminou com convites a prefeitos para que se filiassem ao partido. Conforme relataram interlocutores à reportagem, Alckmin sinalizou a intenção de retornar ao estado para cumprir novos compromissos.


Avatar

administrator