Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O senador Alexandre Silveira (PSD) disse nesta quarta-feira (15) que quer ser um “soldado” e rodar o Brasil para convencer os integrantes do PSD a apoiar a pré-candidatura de Lula (PT) à Presidência da República no 1º turno.

A fala ocorreu durante o evento em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, primeiro evento oficial após a aliança entre o petista e o pré-candidato a governador, Alexandre Kalil.

O apoio do PSD já no início das eleições é desejo do PT há meses, mas o presidente do partido, Gilberto Kassab (PSD), resiste em adotar essa posição. Ele tem receio de que o partido rache, já que há Estados em que os diretórios estaduais preferem apoiar Jair Bolsonaro (PL).

O mais provável, neste momento, é que os diretórios sejam liberados para apoiar quem preferirem conforme a realidade de cada região.

“(Lula) Quero ser um soldado para viajar o Brasil e fazer o convencimento dos nossos parlamentares. Quero acalentar a esperança de que o PSD irá com o senhor ainda no primeiro turno, se Deus quiser. Fica feito o compromisso, presidente, de ajudá-lo a criar uma sociedade mais justa e fraterna. Esse é o sentido de fazer vida pública”, disse Alexandre Silveira, que é candidato à reeleição a senador na chapa de Kalil.

O senador, que já foi convidado para ser o líder do governo Bolsonaro no Senado, mas rejeitou, também declarou que quer ajudar Lula a governar o Brasil no parlamento “porque lá é a trincheira da democracia”.

 

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.