Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A inflação de 1,06% de abril foi puxada por praticamente todos tipos de produtos e serviços no Brasil, que encareceram no mês pelas mais diversas justificativas, como baixa oferta, pressão cambial sobre insumos, combustíveis caros etc.

Dos itens que fazem parte do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país medida pelo IBGE, 78% tiveram alta de preços. Mas e os que caíram? Quais as justificativas?

Entre elas está o fato de um importante peso no índice ter ficado mais barato: a energia elétrica residencial caiu 6,27% de valor no referido mês.

A bandeira tarifária de escassez hídrica saiu da cota dos brasileiros no dia 16 de abril, o que aliviou a inflação. Eram cobrados R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Esse alívio acabou influenciando o barateamento de outros itens, como serviços. Cabelereiros e barbeiros, por exemplo, ficaram -0,27% mais baratos.

O economista-chefe da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG), Guilherme Almeida, explica que o barateamento da conta de luz, com o fim da bandeira tarifária extra e com a atual bandeira verde, impediu uma inflação ainda maior em abril.

Ele explica alguns alimentos terem caído de preço por causa de condições climáticas mais favoráveis e aumento da oferta. Isso aconteceu com produtos como batata-doce, inhame, banana, mandioca e cenoura.

No caso deste último, a alta nos meses anteriores foi forte. E o que ocorreu em abril foi mais uma acomodação do preço devido à queda da demanda. “Cenoura caiu (de preço) por que estava mais cara antes, e foi pontual. Caiu 4,01% (em abril), mas no acumulado em doze meses aumentou 178%”, lembra.

Outro alivio veio de produtos que têm muitos componentes importados. O caso mais marcante, segundo o economista, são os consoles de videogames, que ficaram 4,20% mais baratos em abril.

“Foi influenciado pela questão cambial. Em abril, o dólar caiu para menos de R$ 5 depois de muito tempo, e aliviou os preços nesse segmento de eletrônicos”, disse.

Além de ter subido 1,06% no quarto mês do ano, o IPCA do IBGE apresenta alta de 4,29% no acumulado de 2022 e de 12,13% no acumulado em doze meses.

Atualmente, 377 itens estão na cesta de produtos e serviços monitorados pelo IBGE para medir a inflação, confira alguns ítensque ficaram mais baratos no mês de abril:serviço de higiene para animais – 0,01%, produtos para pele – 0,03%,pedagio – 0,04%, livros didáticos 0,11%, cama, mesa e banho -0,13%, carne – 0,23%, plano de saúde -0,69%.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.