Está calor em Belo Horizonte. Mas os moradores já podem se preparar: o frio tem data para voltar. A partir deste sábado (4), os termômetros começam a cair gradativamente.

As informações são do 5º distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Conforme o meteorologista Claudemir Azevedo, até a próxima segunda (6), as temperaturas máximas e mínimas devem cair cerca de 6º C na capital. Ele explica que o calor dos últimos dias em BH se deve à “intensificação de uma massa de ar seco”.

Nesta quinta-feira (2), Belo Horizonte registrou temperatura máxima de 28,2º C. A mínima foi de 15º C. Na sexta (3), o calor continua, com máximas acima dos 28º C e mínima na casa dos 16º C.

No sábado (4), a redução das temperaturas máximas já será significativa, chegando na casa dos 24º C. A mínima é estimada em 16º C. No domingo (5), as máximas devem ser de apenas 22º C, e as mínimas de 12º C. Na segunda (6), a previsão é de frio mais intenso, com mínimas de 9º C e máximas de 22º C.

Frio recorde

O calor que vem afetando Belo Horizonte veio após uma onda de frio intenso, que fez com que a capital registrasse, em 19 de maio, temperatura mínima de 4,4º C, a segunda menor de toda a série histórica, iniciada em 1961. Foi o dia mais frio da história para o mês de maio.

Segundo o meteorologista Claudemir Azevedo, o calor atual é considerado dentro do esperado para a estação do ano (outono). Para junho, as temperaturas médias históricas são de 24,9º C de máxima e 15,4º C de mínima.