O bloco vem buscando incluir, sem sucesso, o fornecimento do metal russo em seu novo pacote de restrições, mas temores de que isso possa desestabilizar as cadeias produtivas acabam adiando a decisão.

A União Europeia (UE) tem debatido a sua nova rodada de sanções contra Moscou, em meio aos apelos crescentes de alguns Estados-membros para isentar o fornecimento de aço russo, informou o Politico na segunda-feira (11), citando fontes.

De acordo com a mídia, um diplomata europeu disse ao veículo que um dos “pontos de discórdia” inclui a concessão de um período de isenção mais longo para importar da Novolipetsk Steel (NLMK) da Rússia. A questão deverá ser resolvida em breve, disse o diplomata.

Outro diplomata confirmou que as discussões sobre o 12º pacote de sanções estavam caminhando “na direção certa”.

A NLMK é uma das quatro maiores empresas siderúrgicas da Rússia. Produz principalmente produtos de aço plano, de aço semiacabado e aços elétricos.

Como parte da sua política de sanções contra Moscou, a UE proibiu a importação de produtos de ferro e aço provenientes ou originários da Rússia. As últimas restrições que entraram em vigor em 30 de setembro também vão proibir a importação de produtos de ferro e aço que tenham sido “processados” em países que não a Rússia (os chamados países terceiros), mas que incorporaram fatores de produção de ferro ou aço de origem russa.

Entretanto, a Euractiv informou em novembro que a República Tcheca solicitou formalmente que a UE não incluísse a NLMK na nova rodada de sanções, uma vez que os fornecimentos são críticos para a economia tcheca. O país do bloco europeu, que tem importado chapas grossas de aço com desconto da gigante metalúrgica russa, disse que tem procurado outras soluções, mas até agora não conseguiu substituir os fornecimentos russos.

Praga busca uma isenção para as importações de aço russo até 2028, segundo o Ministério do Comércio. O contrato existente expira no final de 2024, ameaçando uma crise para as principais indústrias tchecas, como a construção e a produção automóvel.

De acordo com a Euractiv, a Itália e a Bélgica também têm pressionado a UE para suspender as restrições ao fornecimento de aço russo.


Avatar