Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A novela da aliança entre PT e PSD para formar uma chapa para disputar o Governo de Minas pode estar perto de um desfecho. Conforme apuração da Itatiaia nesta terça-feira (17), o presidente da Assembleia Legislativa, Agostinho Patrus, abriu mão da vaga de vice na chapa de Kalil para governador.

Caso a decisão seja mantida, praticamente concretiza a aliança entre PT e PSD, com Kalil lançado ao governo com um vice do PT. Desta forma, a vaga para o Senado na aliança seria disputada por Alexandre Silveira, candidato à reeleição – preferido pelo ex-prefeito de BH para o posto.

Reginaldo Lopes, deputado federal, e André Quintão, deputado estadual, ambos do PT, seriam os cotados para a vice de Kalil.

O acordo foi costurado pelo ex-presidente Lula e pelo presidente do PSD, Gilberto Kassab, no último fim de semana, para vencer a resistência de parte do PSD que discorda de aliança com o Partido dos Trabalhadores.

O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD), inclusive, afirmou em entrevista na segunda-feira (16), no Programa Roda Viva, que a condução das alianças do PSD em Minas ficará a cargo de Kalil, apesar de parte da legenda em Brasília defender o presidente Jair Bolsonaro.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.