O volante Rodriguinho não retornou com a delegação do América-MG para Belo Horizonte após o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, no Parque do Sabiá, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo a assessoria do clube, o jogador sofreu um traumatismo cranioencefálico durante o jogo. Aos 34 do primeiro tempo, Rodriguinho se chocou com o atleticano Rubens, depois de disputa pelo alto na área americana. A partida precisou ser paralisada por cerca de 10 minutos para atendimento médico dos atletas.

Eles ficaram caídos após a trombada. O jogo foi imediatamente interrompido com a entrada dos médicos das duas equipes. Alguns jogadores retiram as camisas para ajudar na ventilação de ar perto da dupla que estava recebendo os primeiros socorros.

Uma ambulância entrou no campo de jogo. Enquanto Rodriguinho era atendido no gramado, Rubens chegou a se levantar. Ele usava uma touca para estancar um sangramento na cabeça.

A dupla foi imobilizada e conduzida de maca para a ambulância. Os dois jogadores deixaram a partida e foram levados a um hospital de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, para passar por exames.

Neste domingo, a assessoria do América informou que a tomografia revelou fratura de ossos da face de Rodriguinho. Não há indicação de tratamento cirúrgico no momento. O jogador encontra-se bem, estável e orientado, de acordo com o clube.

Segundo o comunicado do América, o volante não apresenta sintomas ou alterações neurológicas. Rodriguinho segue em observação hospitalar enquanto aguarda a realização de novos exames. João Salomão, coordenador médico do América, também ficou em Uberlândia acompanhando o jogador.

Ainda no sábado, o Atlético informou que “Rubens realizou exames de tomografia de crânio e coluna que não constataram nenhuma lesão. O corte na cabeça foi tratado com uma sutura de oito pontos.” O jogador retornou a Belo Horizonte com a delegação do time e vai ficar em observação nos próximos dias.

Rodriguinho está fora do jogo contra o Coritiba, na próxima quarta-feira, às 19h (de Brasília), no Independência, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dificilmente ele será liberado para enfrentar o Vasco, no domingo, no Rio de Janeiro, pela sequência da competição.

GE


Avatar