Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira o segundo autoteste para Covid-19 do Brasil. O produto que será fabricado no Brasil é o Autoteste COVID Ag Detect, produzido pela empresa Eco Diagnostica Ltda.

O registro está na Resolução RE 569/2022, publicada no Diário Oficial da União. A disponibilidade do produto no mercado depende da empresa detentora do registro.

A avaliação do pedido de registro pela Anvisa levou 22 dias, incluindo quatro dias utilizados pela empresa solicitante para atender exigências técnicas feitas pela Agência e realização de uma reunião técnica para apresentação de informações sobre o produto.

No último dia 17, a Agência deu o aval para o uso do primeiro autoteste. A decisão foi tomada 20 dias após a aprovação no Brasil. O teste de antígeno é o “Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno”, produzido pela CPMH Comércio e Indústria de Produtos Médicos-Hospitalares e Odontológicos.

O modelo utiliza um swab nasal para coletar a secreção nasofaríngea e realizar o exame em casa. O resultado deve ficar pronto em 15 minutos.

Autotestes podem ser utilizados entre o 1º e o 7º dia do início de sintomas como febre, tosse, dor de garganta, coriza, dores de cabeça e no corpo. Uma pessoa sem sintomas, mas que teve contato com alguém que testou positivo, deve aguardar cinco dias antes de usar o produto.

Somente os autotestes aprovados pela Anvisa podem ser comercializados no país, seja em farmácias ou estabelecimentos de produtos médicos regularizados junto à vigilância sanitária. É proibida a venda em sites que não pertençam a esses estabelecimentos.

Fonte: O Globo

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.