Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A adesão à vacinação de crianças de 3 e 4 anos em Belo Horizonte ainda é considerada baixa, avalia a Prefeitura. O alerta ocorre em meio a mais uma ampliação da imunização na capital mineira.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado nessa terça-feira (2) pela PBH, apenas 3,4% das crianças de 3 e 4 anos foram imunizadas – cerca de 50 mil doses aplicadas.

Desde 22 de julho, crianças imunossuprimidas podem ser vacinadas contra a Covid-19. Na última segunda-feira (1º) foi liberada a imunização de todas as crianças de 4 anos. Ainda não há previsão para liberação das doses do público de 3 anos – depende de chegada de mais vacinas.

A baixa adesão à vacinação se deve a dois fatores, na avaliação do diretor de promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica de Belo Horizonte, Paulo Roberto Lopes Correa: o período de férias escolares e a propagação de notícias falsas sobre os imunizantes.

“A vacina é segura. Aplicamos milhares de doses em crianças e nenhum efeito adverso grave”, afirmou o especialista. O imunizante usado nesse grupo é a CoronaVac, produzida no país pelo Instituto Butantan e que recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Quero ressaltar para os pais com dúvidas que as tecnológicas usadas na CoronaVac são as mesmas de várias outras vacinas, inclusive a da gripe”, reforçou Paulo Roberto Correa.

Ainda conforme o diretor, a Prefeitura tem orientado as equipes de Unidades Básicas de Saúde (UBS) para sensibilizar as famílias sobre a importância da vacinação no momento do atendimento.

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.